FILHOS SÃO COMO NAVIOS

 

FILHOS SÃO COMO NAVIOS

 
 
 
 

Ao olhar um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro.

 
 
 
 

Entretanto, ele ali está em preparação e abastecimento para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras.

 
 
 
 

Dependendo do que a natureza lhe reserva, poderá desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos.

 
 
 
 

Certamente retornará mais experiente pelo aprendizado adquirido e enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá gente no porto feliz à sua espera.

 
 
 
 

Assim são os FILHOS. 
Estes têm nos PAIS o seu porto seguro
.

 
 
 
 

Por mais segurança e sentimentos de proteção que possam sentir junto aos seus pais, eles nasceram para singrar os mares da vida, correr seus próprios riscos e viver seus próprios empreendimentos.

 
 
 
 

Porém, a proverbial provisão estará no interior de cada um: 

Na certeza de que levarão consigo os exemplos dos pais, os conhecimentos aprendidos…

 
 
 
 

A busca de encontrar a verdadeira felicidade.

 
 
 
 

No entanto, não há felicidade pronta, algo que possa ser herdado, doado ou transmitido. 

Felicidade é uma conquista pessoal. 

 
 
 
 

O lugar mais seguro que o navio pode estar é no porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.

 
 
 
 

Alguns pais pensam que serão, eternamente, o porto seguro dos filhos, esquecendo de prepará-los para navegar e encontrar o seu próprio lugar, onde poderão sentir seguros, felizes e convictos de que, em outro tempo, deverão ser porto para outras pessoas.

 
 
 
 

Porém, todos devem estar conscientes de que estes devem levar em sua bagagem VALORES herdados, tais como: 


Ninguém pode traçar o destino dos filhos.

 
 
 
 

HUMILDADE, 
HONESTIDADE, 
DISCIPLINA, 
RESPEITO, 
DILIGÊNCIA, 
PERSEVERANÇA, 
CORAGEM, 
GRATIDÃO  
E GENEROSIDADE.

 
 
 
 

Filhos nascem para se tornar um dia CIDADÃOS NESTE MUNDO.  
 
Os pais podem desejar o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles.  
 
Podem contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.

 
 
 

 

Os filhos devem prosseguir de onde os pais chegaram, assim como os navios partem do porto para as próprias conquistas. 

Os pais não devem manipular os passos dos filhos nem estes, repousar sobre as conquistas paternas.

 
 
 

 

Entretanto, para isso, precisam ser  
preparados e amados, na certeza de que:
 

“QUEM AMA EDUCA”

 
 
 
 

“COMO É DIFÍCIL SOLTAR AS  
AMARRAS”

 
 
 
 

Ajude seu filho a formar bons hábitos enquanto ainda é pequeno. Assim, ele nunca abandonará o bom caminho, mesmo depois de adulto.  
(Provérbios 22:6)

 
 
 
 
 
 

About these ads
Esse post foi publicado em Pensamentos/ Reflexões. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s